Marinha italiana resgata 290 pessoas de balsa que pegou fogo no Mar Adriático

Da Agência Lusa -29.12.2014 - 09h19

 

 

Um total de 290 passageiros da balsa Norman Atlantic, que pegou fogo no domingo (28) no Mar Adriático, foram resgatados, de acordo com o mais recente balanço da Marinha italiana. O acidente com a balsa deixou um morto: um passageiro grego que caiu no mar com a sua mulher, que foi resgatada.

 

Segundo a Marinha, 188 pessoas continuam à espera de resgate na balsa, que fazia a ligação entre a Grécia e a Itália com 478 passageiros. As operações de salvamento ocorreram durante a noite de domingo e madrugada de hoje (29), apesar das condições adversas do mar.

 

Leia também no Portal EBC:

 

Balsa italiana incendeia durante viagem no Mediterrâneo

 

 AirAsia: aeronave autraliana que atua nas buscas avista objeto no mar

 

Das pessoas resgatadas, 60 seguem para a Itália a bordo do navio San Giorgio da Marinha, enquanto um grupo de 49 pessoas chegou hoje, de manhã, ao porto da cidade italiana de Bari, a bordo do Spirit of Piraeus, com bandeira de Cingapura.

 

O incêndio no navio, que fazia a ligação entre Patras, na Grécia, e Ancona, na Itália, começou no convés destinado aos veículos quando a balsa estava a cerca de 81 quilômetros da ilha grega de Corfu.

 

Passageiros relataram estar encharcados e gelados por causa da chuva e tossiam devido à fumaça do incêndio, além de terem sentido os sapatos derretendo por causa do calor do fogo quando foram reunidos na área de recepção do navio.

 

Em um total de 195 veículos a bordo do navio estão, entre eles, 20 a 25 caminhões carregados de azeite.

 

O Ministério da Marinha da Grécia informou que 268 passageiros são gregos e a tripulação é composta por 22 italianos e 34 gregos. Viajam no navio 54 turcos, 44 italianos, 22 albaneses, 18 alemães, além de cidadãos suíços, franceses, russos, austríacos, britânicos e holandeses.