Agentes são capacitados para monitoria da exposição 'Dengue'

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

21/01/2015

 

 

 

Trinta agentes de controle de vetor do Município passam por capacitação para atuar na monitoria da exposição 'Dengue', que será inaugurada na próxima sexta-feira (23), na Casa da Frontaria Azulejada.

 

O treinamento é ministrado pelo curador da mostra, Waldir Ribeiro, e o biólogo e educador Pablo Jorge Souza, ambos representantes da Fundação Oswaldo Cruz, instituição à qual pertence a exposição. Os agentes foram selecionados devido à experência que já possuem em lidar com o público nas ações educativas sobre a doença e nas visitas casa a casa. A capacitação tem duração de três dias, com conteúdos teóricos e práticos, dentro dos quais se destacam a manipulação dos equipamentos, descrição dos cenários e explicação detalhada de cada um dos módulos da mostra. “Estou achando ótimo para tirar dúvidas e absorver o máximo de informações, que serão úteis no nosso trabalho do dia a dia e também na vida pessoal. Estou com uma grande expectativa para a exposição”, afirma Naira Souza Guimarães, agente de controle de vetor da Prefeitura há 2 anos.

 

ADULTOS E CRIANÇAS

De acordo com Waldir Ribeiro, a experiência prévia dos agentes “facilita muito o nosso trabalho e também a transmissão das informações ao público”. Os treinandos também foram orientados em relação ao tratamento que deve ser dispensado de acordo com o perfil do visitante: a base de informações utilizada na mediação com crianças é diferente do conhecimento a ser tarnsmitido aos adultos, que têm capacidade de absorção maior de conhecimento e dúvidas diferentes dos menores. “Quando se fala o nome científico do mosquito transmissor da dengue a uma criança, ao invés de atraí-la, acaba afastando-a da exposição. É importante direcionar bem a fala de acordo com o interesse do público”, destaca Pablo Souza.

 

Para o chefe da Seção de Controle de Vetores da Secretaria Municipal de Saúde, Marcelo Brenna, “a capacitação irá enriquer o conhecimento dos agentes, quer terão condições de fazer uma abordagem ainda melhor com a população”.

 

SERVIÇO

A Exposição Dengue permanecerá no Espaço Cultural Frontaria Azulejada (Rua do Comércio, 96, Centro Histórico) até 31 de março. O funcionamento: segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h e das 14h às 16h30; sábados, das 9h às 13h. Entrada gratuita.

 

Fonte:http://www.santos.sp.gov.br/?q=noticia/878403/agentes-s-o-capacitados-para-monitoria-da-exposi-o-dengue