Conflito com Boko Haram na Nigéria obriga 800 mil crianças a fugir

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agência Brasil                                                                                     13/04/15 08h07 

 

 

Cerca de 800 mil crianças foram obrigadas a fugir de suas casas por causa do conflito no Noroeste da Nigéria entre o grupo terrorista Boko Haram, o Exército nigeriano e as milícias populares, segundo o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

 

 

Com base em dados coletados na Nigéria, no Níger, Chade e em Camarões, o Unicef adverte que as consequências do conflito tiveram efeito devastador e que no último ano duplicou o número de crianças que fugiram da Nigéria para países vizinhos.

 

"Temos provas do que está se passando, mas é muito cedo para avaliar a magnitude do problema, já que o Noroeste da Nigéria é área de alto risco e é complicado fazer um trabalho de campo exaustivo, disse à agência espanhola EFE o porta-voz regional do Unicef para a África Ocidental e Central, Laurent Duvillier.