Executivo argentino envolvido em escândalo da Fifa se entrega na Itália

Agência Brasil                                                09/06/15 12h40 

 

Alejandro Burzaco, um dos três fugitivos argentinos procurados pela Justiça americana por envolvimento no escândalo da Federação Internacional de Futebol (Fifa), se entregou nesta terça-feira (9) à polícia da Itália. Em entrevista à rádio argentina La Red, o chefe da polícia de Bolzano, no Norte da Itália, Giussepe Ricario, informou que o executivo, que também tem passaporte italiano, se apresentou na delegacia de manhã, acompanhado de dois advogados.

 



Burzaco é presidente da empresa de marketing esportivo Torneos y Competencias. Ele é suspeito de irregularidades na atribuição de direitos de transmissão de competições de futebol para a América Latina. O argentino continua detido na cidade italiana, que faz fronteira com a Suíça, e pode prestar depoimento nas próximas horas a um juiz local.