Mogi Mirim e Guarani empatam por 3 a 3 em jogo quente na Série C

Edgard Matsuki - Portal EBC21.09.2014 - 21h03 | Atualizado em 21.09.2014 - 21h13

 

 

O Mogi Mirim garantiu a classificação para as quartas de final da Série C do Campeonato Brasileiro após empatar com o Guarani por 3 a 3 em partida disputada neste domingo (21). O jogo foi disputado no estádio Décio Vitta (em Americana-SP) porque o estádio Brinco de Ouro está interditado.

 

O primeiro tempo da partida foi, sem dúvida, um dos melhores da Série C deste ano. Movimentadíssima, a primeira etapa teve nada menos do que cinco gols e uma expulsão.

 

Logo aos seis minutos, o Mogi Mirim abriu o placar. Valdir fez uma cobrança de falta no ângulo e o goleiro Wanderson nada pode fazer. Aos 13 minutos, o Mogi ampliou o placar em um rápido contra-ataque. Na jogada, Everton Heleno aproveitou rebote e, livre, colocou a bola para o fundo das redes. Everton Heleno marcou o terceiro gol aos 23 minutos do segundo tempo. No lance, o atacante chutou fraco de fora da área e o goleiro do Guarani aceitou.

 

O jogo já parecia se desenhar para uma vitória fácil do Mogi Mirim. Mas o Guarani reagiu. Aos 24 minutos, Silas recebeu cruzamento do experiente Fumagali e marcou. Aos 30 minutos, Thiago Bernardi deixou a partida em 3 a 2 e botou fogo no jogo. Ainda no primeiro tempo, o meia William Poop tentou simular pênalti para o Mogi Mirim e foi expulso.

 

Quem esperava um segundo tempo no nível da primeira etapa de jogo se decepcionou. Porém, o que faltou em gols sobrou em emoção. Aos 22 minutos, Thiago Carpini acabou sendo expulso. E no último lance do jogo, Fumagali chutou de fora da área e marcou. No final, Guarani 3 x 3 Mogi Mirim.

 

Após o jogo, jogadores e membros da comissão técnica do Mogi Mirim reclamaram dos cinco minutos de acréscimo dados pelo árbitro do jogo. Até o presidente do clube, o ex-jogador Rivaldo, foi reclamar.  

 

Com o resultado, o Mogi Mirim chegou aos 28 pontos e garantiu a classificação. Em segundo lugar no Grupo B, o time recebe o Macaé na próxima rodada. O Guarani tem remotas chances de classificação com 20 pontos, mas deve lutar para não cair para a Série D. O time de Campinas enfrenta o Caxias fora de casa.

 

Guarani 2 x 3 Mogi Mirim

Estádio: Décio Vitta, em Americana (SP)

Árbitro: Márcio Henrique de Gois

Auxiliares: Daniel Luis Marques e Leandro Matos Feitosa

Gols: Valdir e Everton Heleno (2) (Mogi Mirim); Silas, Thiago Bernardi e Fumagali (Guarani)

Expulsões: William Poop (Mogi Mirim) e Thiago Carpini (Guarani)

Guarani: Wanderson, Watson, Jorge Luiz, Tiago Bernardi, Pedro Henrique (Obregon), Thiago Carpini, Francesco (Leo), Renan Mota, Luiz Henrique, Fumagalli e Silas (João). Técnico: Marcelo Veiga

Mogi Mirim: Mauro, Valdir, Fábio Sanches, Wagner, Leonardo, Magal, Maycon, Everton Heleno (Malcoon), William Poop, Danrlei e Nando (Rivaldo Júnior). Técnico: Claudinho Batista