CPI do BNDES aprova relatório sem pedido de indiciamento

25/02/2016

 

A CPI do BNDES da Câmara durou mais de cinco meses. Os deputados investigaram supostas irregularidades em empréstimos feitos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) entre os anos dos governos do PT.

 

O relator da comissão, deputado José Rocha (PR-BA), fez o relatório sem indiciar ninguém, ou seja, sem atribuir responsabilidades pelas supostas irregularidades.

 

Rocha não aceitou os pedidos de indicamento feitos pela oposição, que pediu para incriminar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-presidente do banco Luciano Coutinho.