Custeio do Complexo Hospitalar dos Estivadores é discutido em Brasília

22/06/2016 

 

O custeio de 50% do Complexo Hospitalar dos Estivadores pelo Governo Federal, compromisso assumido por dois ex-ministros da Saúde, foi tema de reunião nesta quarta-feira (22) em Brasília. Autoridades municipais participaram de encontro com a substituta da Secretaria Nacional de Atenção à Saúde, Cleusa Bernardo.

Na ocasião, foram passadas pela integrante do Ministério da Saúde orientações técnicas que devem ser seguidas pelo Município para a obtenção do credenciamento, em análise pela pasta. O repasse de recursos federais para a manutenção do futuro equipamento metropolitano também será discutido pelos representantes da Prefeitura em reunião nesta quinta-feira (23), às 9h30, com o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha.

Inauguração

O Complexo Hospitalar dos Estivadores terá ao todo 223 leitos integrados ao Sistema Único de Saúde (SUS) e será inaugurado parcialmente no segundo semestre com 88 leitos, conforme cronograma da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Somente nesta primeira fase, é estimado um custeio mensal de R$ 4,5 milhões. Quando todos os leitos operarem, o custo mensal subirá para R$ 10 milhões/mês.

No último dia 15, o governador Geraldo Alckmin anunciou o repasse de R$ 11 milhões à Prefeitura, destinado para a operação do hospital até o final deste ano, e garantiu o custeio permanente de 50% pelo governo estadual.

Para a implementação do complexo, a Prefeitura adquiriu o imóvel do antigo Hospital dos Estivadores junto ao INSS por R$ 13,4 milhões a serem pagos em 10 anos (até 2020) e, em conjunto com o Governo do Estado, já investiu mais R$ 46 milhões na sua reforma, modernização e ampliação.

Movimento

O abaixo-assinado do Conselho Municipal de Saúde de Santos (CMSS) na plataforma digital Change.org já recebeu mais de 500 adesões. A iniciativa faz parte do movimento 'O Estivadores é de Todos', lançado no dia 18 para sensibilizar o Governo Federal sobre a importância da sua contribuição no custeio do hospital.

Para participar basta acessar o link: http://chn.ge/28Mjnba.

 

Fonte:http://www.santos.sp.gov.br/?q=noticia/893918/custeio-do-complexo-hospitalar-dos-estivadores-discutido-em-bras-lia