Santos - Obras emergenciais de contenção serão realizadas na Vila Progresso e no Morro Caneleira

Duas obras emergenciais de contenção e drenagem serão realizadas pela Prefeitura na Vila Progresso e no Morro Caneleira dentro de 60 dias. Os trabalhos ocorrerão na Avenida Brasil e na Alameda Prefeito José Gomes, onde houve escorregamentos em decorrência das chuvas que atingiram a Cidade no último dia 7.

Na Avenida Brasil, será erguido muro de arrimo de 15 metros e reconstruídos 18m de extensão de canaletas e 40m de calçadas. Nesta sexta-feira (23), no local, funcionários da Subprefeitura – Morros instalavam tubulação paliativa de 2 metros para desviar o fluxo da água, enquanto a obra definitiva não acontece.

Um muro de arrimo de 15m também será feito na Alameda Prefeito José Gomes (Morro Caneleira), onde serão reconstruídos 20 metros de calçadas. Ali ainda será implantada rede de captação de águas pluviais de 5m. No lado oposto da via será feita a construção de 30m de sarjeta e guia. “São duas importantes vias de acesso aos morros, por isso o caráter emergencial da obra que, após iniciada, deve durar 120 dias”, disse o subprefeito do Morros, Luiz Bezzi Pasquarelli.  Serviços serão executados por empresa contratada, com supervisão da Subprefeitura–Morros e da Defesa Civil.

Sinalização 

Os locais estão isolados e sinalizados com tela de proteção na cor laranja e fita zebrada. “Que a população evite transitar no local e respeite a sinalização por conta do risco”, ressalta o coordenador de riscos da Defesa Civil, José Carlos Turziani da Silva. Com recursos próprios, ambas as obras têm valor total aproximado de R$ 300 mil.

 

Fotos: Marcelo Martins