OEA estuda envio de comissão para investigar atentado na Venezuela

Por Agência Brasi -Brasília

 

O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, recomendou que o órgão examine a possibilidade de criação de uma comissão de especialistas internacionais para investigar o suposto atentado contra o presidente de Venezuela, Nicolás Maduro. No Twitter, Almagro classificou o governo Maduro de “ditadura”.

“Dada a falta de credibilidade da ditadura da Venezuela e ao uso de tortura para incriminar, é necessário nomear uma Comissão de Especialistas Internacionais para  investigar circunstâncias do atentado a Maduro", disse Almagro na rede social.

No último dia 4, durante as comemoração dos 81 anos da Guarda Nacional em Caracas, enquanto Maduro discursava, houve um barulho intenso devido à destruição de  drones carregados com explosivos. A informação foi divulgada pelo ministro da Comunicação e Informação da Venezuela, Jorge Rodríguez.

As autoridades venezuelanas alegam foi um atentado contra o presidente Maduro e envolve 19 pessoas, com apoio de colombianos e norte-americanos. As autoridades dos Estados Unidos e da Colômbia negam quaisquer envolvimentos.

Edição: Maria Claudia