Em Santos, aniversário do bonde terá música, gastronomia e roteiro inédito

 

Por Prefeitura Municipal de Santos 

Que tal conhecer a linha de montagem de um bonde, com rodas, truck, feixe de mola, motores e outras peças originais, do início do século passado? E ainda apreciar elétricos que se encontram em processo de restauro para a linha turística? Para completar o passeio, participar de apresentações musicais e saborear um cardápio diferente no Estação Bistrô Restaurante-Escola e em barraquinhas que oferecerão pratos típicos do Brasil, Estados Unidos, Itália, Japão e Portugal?

A programação do aniversário dos 18 anos da Linha Turística do Bonde, no próximo domingo (23), das 10h às 17h30, no Valongo, tem atrações para todas as idades – de bate-papo com dois escritores, no Bonde Arte, a maquiagem infantil e escultura em balões de gás para os pequenos, em espaço infantil reservado no térreo da estação (Largo Marquês de Monte Alegre, 2).

Para animar ainda mais as comemorações, os bondes terão ingresso a R$ 3,50 (desconto de 50%) para o passeio pelo Centro Histórico, inclusive o Bonde Arte. Os elétricos sairão a cada meia hora, entre 11h e 17h, da Estação Valongo.

 

INÉDITO

A visita monitorada à garagem abrirá ao público, pela primeira vez, o Armazém 12-A, que, transferido da margem direita do cais para a área do antigo Armazém 6, então desativado, representa o primeiro caso de preservação desse tipo de estrutura, tombada pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Santos (Condepasa).

O roteiro, gratuito e realizado das 11h30 às 16h30, contará com monitoria de guia de turismo e terá duração aproximada de 40 minutos. Os visitantes do armazém poderão apreciar, também, exposição fotográfica enfocando o modal, produzida pela Fundação Arquivo e Memória de Santos (Fams).

 

GASTRONOMIA

O Estação Bistrô Restaurante-Escola abrirá excepcionalmente no próximo domingo, oferecendo o cardápio especial com duas opções: o tradicional espeto à gaúcha (R$ 30,00) e a Meca Santista (R$ 45,00), o prato turístico de Santos. Como sobremesa, brownie de doce de leite com sorvete de paçoca (R$ 10,00). A Praça de Alimentação será aberta às 11h, formada por barraquinhas com itens típicos dos países que contribuíram para a formação do Museu Vivo Internacional de Bonde: Japão, Portugal, Itália e EUA. A parte musical será aberta às 12h pelo Clube do Choro, seguindo-se de apresentação da Associação Japonesa; Rancho Folclórico Verde Gaio, em homenagem a Portugal; Quarteto de Jazz, com repertório inspirado em New Orleans, e Oscar Guzella & Orquestra, com músicas típicas italianas.

 

BONDE ARTE

O Bonde Arte terá programação especial com a presença de dois escritores, autores de livros sobre os elétricos. Os ingressos, a R$ 3,50, poderão ser adquiridos a partir desta quarta (19), na bilheteria do Museu Pelé (Largo Marquês de Monte Alegre, 1). O passeio das 14h30 contará com a presença de Lygia Lolo Silva de Carvalho, autora de ‘Aquele tempo passou – fragmentos de memória, Santos nas décadas de 40 e 50’. Uma hora depois, é a vez do arquiteto e urbanista Ayrton Camargo e Silva, da Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP), que assina a obra ‘Tudo é passageirio – expansão urbana, transporte público e o exermínio dos bondes em São Paulo’.

 

PROGRAMAÇÃO

10h – Música mecânica para recepção do público

10h – Abertura da exposição fotográfica Linha Turística do Bonde – 18 anos, produzida pela Secretaria de Turismo de Santos (alpendre da Estação do Valongo)

10h30 – Benção dos bondes

11h – Abertura da Praça de Alimentação, com especialidades das culinárias americana, brasileira, italiana, japonesa e portuguesa

11h às 17h – Passeios na Linha Turística do Bonde, com saídas a cada meia hora; tarifa especial a R$ 3,50

11h30 às 15h – Almoço Nacionalidades, no Estação Bistrô Restaurante-Escola

11h30 às 16h30 – Visita à Garagem dos Bondes, instalada no Armazém 12-A do Valongo, com monitoria de guia de turismo - saída a cada hora para roteiro de 40 minutos, que envolve apresentação de linha de montagem, com peças e equipamentos utilizados nos elétricos; bondes japonês, português e o veículo que operou na Estrada de Ferro Elétrica Votorantim, todos em processo de restauro, e exposição fotográfica enfocando o modal, produzida pela Fundação Arquivo e Memória de Santos (Fams)

12h – Clube do Choro (apresentação)

12h30 às 16h30 – Maquiagem infantil e escultura em balões (térreo da Estação do Valongo)

13h – Associação Japonesa (apresentação)

14h – Jazz Walkers Street Band (apresentação)

14h30 – Bonde Arte, com bate-papo sobre o bonde, a cargo da escritora Lygia Lolo Silva de Carvalho, autora do livro Aquele tempo passou – Fragmentos de Memória, Santos nas décadas de 40 e 50; venda antecipada de bilhetes, a R$ 3,50, no Museu Pelé 15h – Oscar Guzella & Orquestra (apresentação)

15h30 - Bonde Arte, com bate-papo sobre o bonde, com Miguel Escandon sobre o tema Um bonde chamado saudade; venda antecipada de bilhetes, a R$ 3,50, no Museu Pelé

16h – Rancho Folclórico Verde Gaio (apresentação)

17h - Encerramento

 

Foto: Susan Hortas