Em São Vicente - Aluno do Projam conquista ouro em torneio de xadrez

Título de Raul Fraguas veio no domingo (16): presente de aniversário, dois dias depois de completar 14 anos

Por Prefeitura Municipal de São Vicente 

Dois dias após completar 14 anos, o aluno da EMEF Carolina Dantas (Catiapoã), Raul Martins Fraguas, foi "presenteado" com a medalha de ouro no III Núcleo de Xadrez, torneio on-line realizado no domingo (16) com competidores de todas as idades. Para chegar ao título, foram 14 partidas, com aproveitamento de 79%. 

Este ano, o estudante participou de outros dois campeonatos pela internet, ficando na segunda e terceira posições. "De tanto persistir, ele agora ficou em primeiro. Poderia estar fazendo outras coisas no final de semana, mas a dedicação foi grande", orgulha-se a mãe do enxadrista juvenil, Carla Martins Fraguas.

Raul é um dos 130 alunos da EMEF que participam do Programa de Jornada Ampliada (Projam), desenvolvido pela Secretaria de Educação de São Vicente (Seduc). Foi por meio da oficina de xadrez que ele aprendeu a jogar, quando ainda estava no 5º ano, na EMEF Octávio de Césare. 

Recentemente, durante as comemorações de aniversário de 60 anos da escola, Raul falou da felicidade de representar o Carolina em vários campeonatos e que, mesmo com a pandemia, a escola o incentiva a continuar competindo. “Como o xadrez faz bem para mim e para a minha saúde mental, eu não queria perder o foco e parti para os torneios on-line. É muito bom, porque jogo mais com adultos, o que me ajuda a evoluir”.

Seu orientador, o professor de Língua Portuguesa, Armando Figueiredo Santos,  destaca que os benefícios do jogo estratégico são visíveis, principalmente na concentração. “O xadrez contribui nesse aspecto, ajudando a manter o foco nas aulas e vislumbrar estratégias”.

Para a coordenadora do Projam da EMEF Carolina Dantas, Talita Aguiar, o sucesso do programa é fruto do trabalho conjunto. "Nada é fácil, mas curtimos cada vitória e agradecemos a todos os envolvidos: alunos, a diretora Eliana Veríssimo, professores, funcionários... É uma atmosfera de trabalha bem positiva".

"O aluno Raul sempre foi um garoto humilde e grandiosos em suas conquistas. Ama estudar no Carolina Dantas o que nos deixa envaidecidos", afirma a diretora Eliana Veríssimo.

Além do Xadrez, a unidade municipal mantém oficinas de língua portuguesa, matemática e inserção na língua inglesa (para alunos do 5º ano que vão ingressar no ensino fundamental II).

 

Foto: Prefeitura de São Vicente