Polícia identifica 12 suspeitos de depredar prédio da Uerj

Agência Brasil                                                      02/06/15 12h52 

 

A Polícia Civil identificou 12 suspeitos de envolvimento com a depredação de um prédio do campus Maracanã da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), no final de maio. A investigação está a cargo da Delegacia de Polícia da Praça da Bandeira (18ª DP), que instaurou inquérito para apurar o caso.

 

A delegacia está analisando as imagens da câmera de segurança e deverá colher depoimentos dos seguranças da universidade.

 

A depredação ocorreu na noite do dia 28 de maio, durante um protesto contra a demolição de casas da favela do Metrô, que fica em frente à universidade, na zona norte da cidade do Rio de Janeiro. A reitoria avaliou os prejuízos em R$ 100 mil.