PM acompanha reintegração de posse em prédio na região central de SP

Agência Brasil                                                     17/06/15 09h11 

 

A tropa de choque da Polícia Militar acompanha a reintegração de posse de um prédio no centro da capital paulista. Os policias tentam negociar a saída dos cerca de 300 moradores que vivem no local, desde abril. Por volta das 8h30, policiais da tropa estavam posicionados na frente do imóvel.

 

 

As famílias, que integram a Frente de Luta por Moradia (FLM), não querem deixar o local e jogam papéis picados do alto do prédio. O edifício de dez andares está localizado em uma área de grande movimento na rua Coronel Xavier de Toledo, próximo ao Teatro Municipal e a prefeitura. Um trecho da rua foi bloqueado para veículos e pedestres e uma multidão de curiosos e pessoas que chegam para o trabalho se juntou em volta do cordão policial.

 

 

O imóvel pertence a empresa Administração e Representações Telles S/A e a reintegração foi determinada pela juíza Jacira Jacinto da Silva da 16ª Vara Cível do Fórum Central.

 

 

Segundo a SPTrans, empresa municipal responsável pelo transporte coletivo na cidade de São Paulo, 35 linhas que passam pela região foram desviadas em função da reintegração de posse.

 

 

Entre os dias 1º de janeiro e 31 de maio deste ano, o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) julgou 1.659 pedidos de reintegração de posse na cidade de São Paulo. Em todo o ano passado foram deferidos pelo TJ-SP 4.887 pedidos.