Agricultura prioriza combate às pragas que mais prejudicam as lavouras

Agência Brasil                                                                        25/08/15 14h15 

 

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento catalogou oito pragas de maior potencial para provocar prejuízos às lavouras, e todas estarão entre as prioridades de controle do ministério. São elas: ferrugem da soja, mofo branco, helicoverpa armigera (lagarta), mosca branca, nematoides, broca do café, as ervas daninhas resistentes e o bicudo do algodoeiro.

 

A portaria com a relação das pragas foi publicada no Diário Oficial da União de hoje (24). Segundo o diretor do Departamento de Sanidade Vegetal do ministério, Luís Rangel, a dinâmica da agricultura e a pressão das pragas determina que o governo revise suas prioridades, a fim de disponibilizar produtos mais adequados às reais necessidades do agricultor.



O próximo passo, de acordo com Rangel, será a definição, pelo ministério, do procedimento de levantamentos fitossanitários integrados com o Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária para identificar as prioridades ano a ano.