Economista repercute o pacote econômico apresentado pelo governo

 

25/05/2016

 

O presidente interino, Michel Temer, apresentou na terça-feira (24) medidas econômicas para estabilizar o país. Saiba como essas medidas podem alterar  na vida do cidadão. Para falar sobre o assunto o Revista Brasil entrevistou o professor de economia e pesquisador do Centro Mackenzie de Liberdade Econômica, Pedro Raffy Vartanian.
 

 

Pedro explica que a aprovação dessas medidas econômicas não muda o cenário econômico do dia a dia, apenas impede, por exemplo, que o governo deixe de honrar os compromissos. “Se essa autorização não fosse dada pelo congresso o governo teria que interromper o pagamento do funcionalismo público e o pagamento dos fornecedores, incluindo ai hospitais, escolas, etc. Haveria um problema específico no setor publico que impactaria de uma forma geral na sociedade”.


 

O economista explica que o fato do governo gastar mais do que arrecada, precisa ser revertido. Para um futuro o professor fala de corte de gastos, aumento de impostos, reforma no sistema previdenciário, fundo soberano e taxa de juros.